Já leste o nosso Glossário de Cirurgia?

Há para todas as letras do abecedário e com diferentes tamanhos, por vezes são difíceis de pronunciar e nem sempre são fáceis de perceber, tanto que quando os ouvimos pela primeira vez, temos de pedir para repetir (“desculpe?”, pois é, também já nos aconteceu 😜). Mas fazem parte da nossa rotina e com a experiência e prática, tornam-se cada vez mais familiares e vulgares. Falamos das expressões técnicas associadas à Medicina e Cirurgia!

Por entre noitadas de estudo, trabalhos de investigação e relatórios de estágio, ainda existem pequenas palavrinhas que teimam em nos atormentar durante o sono, tanto que por vezes “sonhamos” com elas (que é como quem diz, temos pesadelos 😭)! Especialmente quando são ditas pelos tutores ou orientadores de estágio e não queremos de modo algum, dar parte fraca, mas às vezes tem mesmo de ser, afinal estamos sempre a aprender coisas novas.

Sabemos que a lista de livros e manuais com expressões técnicas de medicina e/ou dicionários do setor, é extensa (e interminável), mas hoje trazemos-vos um pequeno (grande) Glossário “de Bolso”, onde apresentamos algumas expressões rotineiras que consideramos importantes!

Boas leituras futuros colegas!

GLOSSÁRIO:

 

Anastomose: ligação cirúrgica entre duas estruturas, vasos, nervos ou órgãos.

Anestesia: perda de reflexos musculares e sensibilidade bloqueada ou temporariamente removida, através da administração de fármacos anestésicos.

Angiectasia: dilatação de um vaso sanguíneo ou linfático (por vezes varizes, aneurisma ou angioparalisia).

Angiectomia: excisão de um vaso sanguíneo.

Angiologia: especialidade médica responsável pelo tratamento dos vasos sanguíneos (veias, vasos e artérias) e linfáticos.

Biópsia: excisão de tecido humano com o intuito de realizar um exame histológico para fins diagnósticos ou terapêuticos.

Bólus: injeção intravenosa (ou por via intramuscular, subcutânea e intratecal) rápida de um medicamento ou contraste.

Ceratotomia: incisão da córnea transparente.

Cicatriz: formada por tecido fibroso e visa substituir a pele perdida ou danificada (por infeções, cirurgias, lesões ou inflamação de tecido).

Cirurgia de Retalho: cirurgia que transfere tecido vivo de uma zona do corpo para outra, que perdeu pele, gordura ou movimento muscular, para garantir que o tecido transferido mantenha uma ligação com a área de origem (pedículo).

Cirurgia Cardíaca: diagnóstico e tratamento cirúrgico de doenças, lesões ou deformidades do coração e grandes vasos.

Cirurgia Geral: estudo, diagnóstico e tratamento cirúrgico de diversos órgãos do corpo humano e doenças (benignas ou malignas).

Cirurgia Pediátrica: tratamento cirúrgico de doenças, lesões ou deformidades desde recém-nascidos a adolescentes.

Colecistenterostomia: cirurgia na qual se faz anastomose da vesícula biliar ao intestino delgado.

Colecistectomia: ressecção da vesícula biliar para tratar a inflamação aguda ou crónica da vesícula biliar.

Colecistectomia Laparoscópica: ressecção da vesícula biliar por via laparoscópica em alternativa à colecistectomia aberta (mais invasiva).

Colectomia: ressecção de um segmento ou da totalidade do intestino grosso (cólon).

Coloproctostomia: intervenção cirúrgica que visa recriar a continuação do cólon (intestino grosso), após remoção do sigma.

Craniossinostose: é uma anomalia resultante da junção prematura das suturas craniais de um bebé, que resulta em diferentes formatos da cabeça, provocando problemas de crescimento no crânio e cérebro.

Desmite: inflamação de ligamentos.

Desmotomia: procedimento cirúrgico que consiste na incisão ou dissecção de ligamentos.

Dissecção: ato de dissecar, separar metodicamente os órgãos ou tecidos de um corpo humano ou animal, para estudo.

Duodenorrafia: sutura realizada no duodeno.

Episiotomia: incisão efetuada na região do períneo, para ampliar o canal de parto, facilitando assim o despendimento fetal.

Enterectomia: resseção de um segmento ou da totalidade do intestino delgado e linfonodos contíguos.

Excisão: ato de cortar ou amputar um corpo estranho ou tecido, com o auxílio de um instrumento cortante.

Exodontias: remoção simples de um dente erupcionado (não está retido).

Fasciorrafia: sutura de uma fáscia (tecido conjuntivo que envolve músculos, grupos musculares, vasos sanguíneos e nervos).

Gastroileostomia: anastomose cirúrgica entre estômago e íleo.

Gastroenterologia: estudo e tratamento de doenças de esófago, estomago e vesícula.

Gastrotomia: incisão cirúrgica na parede do estômago para fixar uma sonda alimentar.

Hernioplastia: redução de hérnia através de cirurgia que visa reforçar a parede abdominal.

Incisão: corte cirúrgico na pele ou tecido subjacente com bisturi.

Laparoscopia: técnica de diagnóstico e observação da cavidade abdominopélvica com um laparoscópio, para determinar em tempo real a localização de determinado órgão.

Laparotomia: também conhecida como celiotomia, é uma incisão cirúrgica na cavidade abdominal para fins diagnósticos e/ou terapêuticos.

Laqueação: interrupção definitiva de artérias, veias ou canais.

Neurocirurgia: especialidade cirúrgica responsável pelo tratamento de doenças e lesões do sistema nervoso central e periférico (cérebro, medula e nervos) e da coluna vertebral (de natureza degenerativa, infeciosa ou tumoral).

Remoção de sutura: remoção de fios cirúrgicos após cirurgia através de Técnica Asséptica.

Se achas que este Glossário pode ser útil aos teus colegas, partilha-o!

#Blocomed #Achasquesabessuturar #Glossário #Medicina #Cirurgia